5 DICAS PARA ABRIR NEGÓCIO COMO MEI

Nossas Soluções

5 Dicas para abrir seu negócio MEI

Para abrir seu negócio como MEI, saiba que é um processo simplificado.

Se você tem pensando em empreender, abrir um pequeno negócio, mas não sabe ainda por onde começar, continue a leitura do artigo.

O que é o MEI?

Acima de tudo é um pequeno negócio que se ajusta muito bem ás necessidades de quem atua de forma autônoma. O MEI (Microempreendedor individual) é uma empresa de natureza jurídica. Portanto, foi tem o objetivo de ser prática e facilitar a regularização das atividades econômicas de pessoas que trabalham por conta e não possuem sócios. Além disso, ser microempreendedor individual pode trazer alguns benefícios, por exemplo podemos citar:

Enquadrado no Simples Nacional e fica isento dos tributos federais (Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL);

Com CNPJ, pode abrir conta em banco e, portanto, ter acesso a crédito com juros mais baratos;

Contudo há uma série de requisitos ao qual é necessário ficar atento:

Escolher corretamente a atividade exercida;

Não deve passar o limite de faturamento anual;

Atentar-se á quantidade de funcionários que podem ser contratados;

Entre outros, mas sendo esses os principais. Acompanhe nos próximos tópicos, como é prático se formalizar como MEI.

5 dicas para abrir o seu negócio como MEI

1. Consulta de ocupações permitidas

Mesmo atendendo todas as condições para ser formalizar, é necessário exercer uma ocupação permitida para ser MEI. Enfim, não esqueça de verificar se a atividade ao qual exerce, está prevista como Microempreendedor.

2. Consulta prévia

A consulta prévia tem o objetivo de verificar se é possível haver funcionamento da empresa no endereço pretendido. Além disso, possibilita conhecer as exigências municipais que precisarão ser cumpridas.

3. Registro da empresa

O registro é feito no Portal do Empreendedor de forma online e bem prática. Acesse (https://www.gov.br/empresas-e-negocios…preendedor).

4. Documentação necessária para abrir seu MEI

Acessando o portal, você pode conferir a lista de documentos que você precisa para solicitar a formalização. No entanto é necessário ficar atento as documentações. (https://www.gov.br/empresas-e-negocios…ecessarios)

5. Finalize o processo de registro da empresa e comece

Não possui contrato social. Os únicos documentos que comprovam o registro da empresa são o Certificado de Condição de MEI (CCMEI), impresso após a formalização e o Cartão do CNPJ, impresso na Receita Federal.

O MEI vem ganhando cada vez mais espaço no empreendedorismo brasileiro. Assim é uma boa oportunidade para investimento, crescimento e fortalecimento dos pequenos negócios. Portanto, antes de se cadastrar como Microempreendedor Individual, é importante conhecer os critérios, leis, atividades permitidas, enfim, ter todas as informações em mão para seguir com a formalização.

Produtos

Nosso propósito

Nossos valores

Nossa visão