DECLARAÇÃO ANUAL DO MEI: 3 ERROS COMUNS NA HORA DE PREENCHER A DASN-SIMEI

Nossas Soluções

DASN-SIMEI MEI: 3 erros comuns ao preencher a declaração

Declaração anual do MEI, confira 3 erros comuns na hora de preencher sua declaração DASN-MEI, para não cometer.


Como o MEI é uma empresa, tem a obrigações relacionadas a tributos e declarações. E com isso anualmente, ele deve fazer a DASN-SIMEI (Declaração Anual do MEI). A Declaração Anual DASN-SIMEI deve conter as informações relacionadas às receitas do ano anterior e é obrigatória para todos que tem um MEI ativo. Mesmo que você não tenha realizado nenhuma movimentação com seu MEI você deve fazer a declaração.

E ao preencher essa declaração o MEI deve se atentar para não cometer erros.

Confira quais os 3 erros comuns ao preencher a DASN-SIMEI

1- Não enviar DASN-SIMEI

Como já foi dito, mesmo que você não tenha realizado nenhuma movimentação com seu MEI você deve fazer a declaração.
Então, se você abriu um MEI até o último dia do ano anterior é necessário e obrigatório fazer a declaração até o dia 31 de maio. Se esse for seu caso não deixe de enviar, para isso na hora de preencher basta colocar R$00,00 no campo de receitas.

Portanto, caso você tenha cometido esse erro, é possível realizar a submissão da DASN fora do prazo, porém sujeito a multa. O valor para pagamento da declaração anual do MEI atrasada em até 30 dias do envio da declaração é de R$ 25. Depois desse período ela passa para R$ 50.

2- Erros de digitação na DASN- SIMEI

Então, um errinho pode sair caro! Na hora de preencher sua DASN é bom se certificar que tudo está digitado corretamente. Cheque mais de uma vez todos os números digitados, incluindo pontos e vírgulas, para que não haja erro na hora de enviar os valores corretos.
Enviei minha DASN com um erro de digitação e agora? Calma nem tudo está perdido, é possível corrigir, basta selecionar a opção de Declaração Retificadora, no “Tipo de Declaração”.

3- Omitir rendimentos

A hora de informar os rendimentos é a mais importante no preenchimentos da DASN. Omitir seus rendimentos pode trazer consequências.
Por isso, o erro citado anteriormente é importante, pois talvez não seja sua intenção, mas um erro de digitação pode fazer com que pareça que você omitiu algo, e um erro pode transformar R$1.000 em R$10.000.
Por fim, vale lembrar que é preciso declarar o faturamento bruto, tudo o que foi vendido no ano anterior, até mesmo as vendas sem emissão de nota fiscal.


FONTE: Jornal Contábil

Produtos

Nosso propósito

Nossos valores

Nossa visão