Declaração DASN-SIMEI

Nossas Soluções

Declaração DASN-SIMEI: MEI terá até dia 30 de junho para entregar

O MEI (Microempreendedor Individual) que ainda não entregou sua Declaração Anual do Simples Nacional (DASN-SIMEI) terá até o dia 30 de junho como prazo final. Isso porque a Receita Federal resolveu estender de 31 de maio para o final de junho o envio da declaração.

Quem se tornou MEI em 2021 deverá fazer sua declaração até o dia 30 de junho de 2022. Para quem se formalizou em 2022 só terá a obrigação de fazer a Declaração Anual do Simples Nacional (DASN-SIMEI) em 2023. Ela é diferente da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física, que geralmente precisa entregar sua declaração no final de abril, mas esse ano, também ganhou um prazo maior, até 31 de maio.

Mesmo que o microempreendedor individual (MEI) não tenha tido nenhum faturamento em 2021, precisará fazer a declaração. Esse balanço não deve gerar nenhuma cobrança, isso porque, o imposto já é pago mensalmente no Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS). Para fazer a declaração, você terá que preencher uma ficha pelo site ou aplicativo da Receita Federal. O MEI presta contas ao Governo Federal a respeito do seu faturamento através da DASN.

O limite para o faturamento anual foi de R$ 81 mil em 2021

Lembrando que em 2021, o limite para o faturamento anual foi de R$ 81 mil. Será preciso calcular de forma proporcional esse valor nos meses em que a empresa estiver aberta. Se o MEI não fizer a declaração até o dia 30 de junho de 2022, terá que pagar uma multa de R$ 50,00 ou de 2% ao mês sobre o total dos tributos, com um limite de 20%.

Fonte: https: Jornal Contábil

Produtos

Nosso propósito

Nossos valores

Nossa visão