ECF 2022: Os principais cruzamentos

Nossas Soluções

ECF 2022: Os principais cruzamentos

Conheça as principais validações da ECF, para garantir a entrega da obrigação de acordo com a legislação fiscal.

A Escrituração Contábil Fiscal (ECF) é uma declaração composta por informações contábeis oriundas da Escrituração Contábil Digital (ECD), informações relacionadas à apuração do IRPJ e da CSLL, além de dados decorrentes de operações, tais como transações com partes relacionadas, operações de importação e exportação, entre outras.

Em um ambiente dominado pela tecnologia com finalidade fiscalizatória, a revisão preventiva da ECF se torna um bom ponto de partida, para assegurar a integridade dos dados contábeis, tributários e econômicos que serão apresentados à Receita Federal.

No ano passado, o órgão comunicou mais de 58 mil empresas sobre inconsistências encontradas entre a ECF e outras informações da sua base de dados referente a 2018 e/ou 2019. Na ocasião, foi estabelecido um prazo para correção espontânea, sem a aplicação de multa, mas ainda assim foi uma demonstração de rigor fiscal.

Em 2022, o prazo final para apresentação da ECF é 31 de agosto. Diante da complexidade dessa obrigação e da rigidez dos cruzamentos, é válido se preparar para esta entrega desde já.

Quem é obrigado a entregar a ECF?

Estão obrigadas ao preenchimento anual da ECF todas as pessoas jurídicas, inclusive imunes e isentas, sejam elas tributadas pelo lucro real, lucro arbitrado ou lucro presumido, exceto:

Pessoas jurídicas optantes pelo Simples Nacional;

Órgãos públicos, autarquias e fundações públicas;

Pessoas jurídicas inativas (que não tenha efetuado qualquer atividade operacional, não operacional, patrimonial ou financeira, inclusive aplicação no mercado financeiro ou de capitais, durante todo o ano-calendário).

Quais cruzamentos são importantes a serem feitos no arquivo?

  • Provisão de IRPJ L300 x Imposto de Renda a Pagar N630: cruzamento valida se o Valor Provisionado de IRPJ é igual ao imposto Apurado.
  • Provisão de CSLL L300 x Contribuição Social a Pagar N670: cruzamento valida se o Valor Provisionado de CSLL é igual ao imposto Apurado.
  • Custos da atividade L210 x Custos L300 DRE: cruzamento valida se o custo da atividade registrado no L210 está em conformidade com o Registrado no L300.
  • Cruzamento X460 x M300: cruzamento valida se o valor registrado na Ficha X460 referente ao incentivo da lei do bem é igual ao montante excluído na base de cálculo do IRPJ
  • Cruzamento X460 x M350: cruzamento valida se o valor registrado na Ficha X460 referente ao incentivo da lei do bem é igual ao montante excluído na base de cálculo da CSLL.
  • Cruzamento ECF Y570 X Relatório E-cac Fontes Pagadoras x N630 x N670: Cruzamento tem por intuito demonstrar se o total do valor do IR Fonte registrado no Y570 está de acordo com o Relatório do que foi apontado na RFB através do envio da DIRF e do que foi utilizado no abatimento do imposto de renda devido, visando identificar riscos e oportunidades.
  • Cruzamento X450 x Y600: Cruzamento verifica se os total dos pagamentos de Juros e Dividendos do Y600 está escriturado corretamente no X450.
  • Cruzamento entre L100 e L300: Cruzamento verifica se as diferenças existentes entre o total do ativo e passivo se refere ao montante transitado em resultado.
  • Cruzamento entre K156 e K356: Cruzamento verifica se as diferenças existentes entre o total do ativo e passivo se refere ao montante transitado em resultado.

E mais:

  • Cruzamento M500 Inicial Janeiro Período Atual x M500 Saldo Final Anual ECF anterior: Cruzamento verifica se o Saldo final do último período da ECF anterior está igual ao saldo inicial de Janeiro da ECF do Período atual
  • Cruzamento L100 x L300 x X450: Cruzamento verifica se os valores contabilizados de JCP, Demais Juros e Dividendos contabilizados estão de acordo com o registrado no X450.
  • Cruzamento X292 x L100 X L300: Cruzamento verifica se o total das operações com o exterior registrada no X292 está em conformidade com os valores detalhados nas demonstrados nas demonstrações contábeis.
  • Cruzamento X292 x X450: Cruzamento verifica se o saldo dos Pagamentos por Serviços obtidos do exterior está em conformidade com os valores registrados nas operações com o Exterior no bloco X292.
  • Cruzamento X292 x X430: Cruzamento verifica se o saldo dos Rendimentos por Serviços obtidos do exterior está em conformidade com os valores registrados nas operações com o Exterior no bloco X292.

A ECF foi implantada com o intuito de substituir a DIPJ (Declaração de Imposto de Renda da Pessoa Jurídica) e é composta por 14 módulos. O que torna essa obrigação acessória bem mais extensa e trabalhosa do que a DIPJ.

Portanto, esses fatores reforçam a necessidade de trabalhar com um sistema contábil capaz de gerar as informações de maneira correta.

Fonte: Jornal Contábil

Produtos

Nosso propósito

Nossos valores

Nossa visão